Pessoas diagnosticadas com psoríase precisam redobrar os cuidados com o coração e adotar um estilo de vida mais saudável. Isso porque a psoríase aumenta os riscos de surgimento de doenças cardiovasculares, como infarto e derrame.

Pesquisa publicada no European Heart Journal, em 2010, já demonstrava que os pacientes com psoríase grave apresentavam um risco de morte por doença cardiovascular de 1 para cada 238 pacientes. O resultado da pesquisa já excluía outros riscos para doenças do coração, como tabagismo, diabetes, hipertensão e idade. Participaram da pesquisa 3.603 pacientes com psoríase grave.

A pesquisa aqui citada indica que a inflamação causada pela psoríase aumenta a incidência de entupimentos nas artérias, o que pode causar infarto, acidente vascular cerebral (AVC), isquemia e trombose. Outras pesquisas já haviam indicado o risco maior de pacientes com psoríase terem infarto agudo do miocárdio, ou seja infarto do coração, também por causa da inflamação crônica.

Leia também: Pacientes com psoríase tem risco mais elevado para outras doenças

Existem medicamentos que ajudam a controlar a inflamação causada pela psoríase. Pesquisadores também se dedicam a avaliar o uso de antiinflamatórios como tratamento adicional aos pacientes que têm alto grau de doença cardiovascular. No entanto, o estilo de vida é de extrema importância. Uma vida saudável não tem efeito colateral e ajuda a conquistar bem-estar.

As conclusões científicas servem de alerta para que os pacientes diagnosticados com psoríase cuidem da saúde. É importante realizar um check-up uma vez por ano com um cardiologista para avaliar se existe algum entupimento arterial.

É possível também eliminar outros riscos que podem levar a doenças cardíacas e vasculares, por exemplo o tabagismo. O cigarro é um vício que não traz nenhum benefício aos fumantes. Ao contrário, aumenta exponencialmente o risco de infartos e derrames.

A obesidade também é um fator de risco para os pacientes, por isso é importante ficar de olho na balança. Um estilo de vida saudável, com dieta balanceada e a prática frequente de exercícios, ajuda bastante a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares. Também ajuda a controlar os sintomas da psoríase na pele.

Leia também: Conheça 3 esportes que ajudam no controle da psoríase